quinta-feira, 30 de março de 2017

METRÔ DO RIO DE JANEIRO – O GLOBO CONCORDA COM BLOG URBE CARIOCA

Linha 4 original - Concessionária Rio Barra S.A.


Editorial do jornal O Globo de hoje diz:


Ontem publicamos mais um dos muitos posts sobre o Metrô do Rio de Janeiro, assunto recorrente neste blog desde a sua criação, em abril/2012, época em que as obras de expansão da Linha 1 por Ipanema e Leblon, falsamente batizadas de Linha 4, ainda não haviam começado.

A espantosa notícia de que os governos estadual e municipal realizaram estudos para construir mais uma extensão daquele modal – a partir da Estação Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca, em direção ao Recreio dos Bandeirantes (27 e 28/03) – gerou debates nas redes sociais, praticamente todas as opiniões contrárias à proposta, diante de tantas outras dificuldades nos transportes da cidade. Comentamos em, METRÔ PARA O RECREIO? CEPACS? PREFEITO NOVO, IDEIAS VELHAS, PROPOSTAS QUESTIONÁVEIS (28/03/2017).

Ontem, nova surpresa. Talvez na tentativa de “consertar” a situação, a novidade foi: 

Linha 4 do metrô pode ir para Jacarepaguá em vez do Recreio

Traçado para expansão do sistema dependerá de estudo de demanda

Segundo um representante do governo municipal “o traçado vai depender de estudos de demanda e da estimativa de quanto poderia ser arrecadado com a venda de Certificados de Potencial Adicional de Construção (Cepacs)”. Ou seja, embora mencionada a demanda, o que influenciará decisão de tal importância para o Rio quanto à mobilidade urbana será a arrecadação prevista com a venda de Cepacs, e não o melhor atendimento à população do município e da Região Metropolitana! Uma leitora do blog informa que há pedido da Associação de Moradores e Amigos da Freguesia - AMAF para que o Metrô seja levado ao bairro através do Grajaú e Serra dos Pretor Forros.
Aguardemos a manifestação do Clube de Engenharia, Instituto de Arquitetos do Brasil, urbanistas e de outros profissionais da área urbanística, inclusive quanto ao aventado aumento de potencial construtivo dos terrenos na Zona Oeste, a panaceia de sempre que beneficia apenas o mercado imobiliário.
Pela enésima vez o blog repete: prioridades óbvias são concluir a Linha 2 e construir a Linha 4 original, único modo de darmos início a uma rede de Metrô e não prosseguir com o metrô-tripa.
O link para o editorial do O Globo de hoje está no título acima e AQUI.

Urbe CaRioca

Internet

Wikimedia
Nota: No dia 25/03 terminou a baldeação que se fazia na Estação General Osório para continuar o mesmo trajeto. Os trens da Linha 1 passaram a seguir direto para a Barra da Tijuca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário