terça-feira, 8 de novembro de 2016

MAIS UMA HORTA: AGORA NO PALÁCIO DO CATETE


Foto: Marcus Alves, 30/10/2016


Quem nos conta é Marcus Alves, do grupo S.O.S. Patrimônio.

Do mesmo modo que a Horta na Lapa, a nova intervenção despertou polêmica e debates acalorados nas redes sociais.

Houve quem aplaudisse, houve quem detestasse.

Uns acharam a iniciativa ótima, outros se lembraram de um galinheiro... Uns preferiam que fosse um jardim, outros queriam árvores frutíferas, alguns se incomodaram apenas com os pneus “decorados”. Alguém disse que uma horta era preferível ao abandono do local.

Este blog considera que criar uma horta na calçada defronte a um bem cultural tombado, carregado de História do Brasil e do Rio de Janeiro, com a importância e magnitude que são inerentes ao antigo Palácio do Catete, atual Museu da República, uma intervenção simplória e, no mínimo, muito estranha.

Como sobreviverá uma horta em meio ao grande movimento de carros e ônibus da Rua do Catete, verdadeiras fábricas de fuligem cujo resíduo preto gruda em todo lugar? Quem regará esta horta todos os dias de madrugada, antes do sol nascer?

Os pneus coloridos e a tela que pretende proteger a plantação destoam na paisagem e não condizem com a elegância do bem tombado.

Melhor que fosse um jardim, concordamos.

E você, caro leitor, o que pensa a respeito?


Urbe CaRioca 

Nenhum comentário:

Postar um comentário