sexta-feira, 17 de junho de 2016

SOBRE LUMINÁRIAS ANTIGAS NO SAARA, CENTRO DO RIO DE JANEIRO, de Júlio Reis


Foto: Julio Reis, Junho 2016





Quanto ao primeiro, a lista final está em fase de elaboração.


Abaixo, a proposta de Júlio Reis sobre a recuperação de luminárias antigas que ainda existem na região do Centro do Rio conhecida como SAARA, mais um assunto debatido, nas redes sociais, entre grupos defensores do Patrimônio Cultural e da Memória Urbana Viva das cidades e outras ocupações, através da preservação de construções e de obras de arte antigas.



Urbe CaRioca


Foto: Julio Reis, Junho 2016



SOBRE LUMINÁRIAS ANTIGAS NO SAARA


Júlio Reis


Passeando pela Rua dos Andradas ou da Conceição, no trecho após a Rua Marechal Floriano e em partes do Saara e Centro antigo, podemos ainda ver a existência das velhas luminárias sustentadas por arcos de ferro com pequenos detalhes artísticos de um trabalho de serralheria hoje em inatividade.

Fundir novos arcos e reinstalá-los, como cópia fiel, nos seus lugares originais produziria uma grande sensação de preocupação da Prefeitura com o patrimônio histórico carioca além do baixo investimento que isso representaria.

São pequenos detalhes que certamente a Prefeitura poderia realizar sem com isso inviabilizar seu orçamento para essa área.



Foto: Julio Reis, Junho 2016

3 comentários:

  1. Boa Noite, é muito triste de ver o abandono das luminárias publicas antigas Cariocas. Eu tenho 16 anos e sou colecionador de Luminárias Antigas dos anos 60,70,80 e 90. Sou um dos únicos colecionadores do Brasil se tratando de luminárias publicas e vejo o descaso da população e da Prefeitura. Moro em São Paulo e também aqui esta a mesma coisa, o abandono esta demais e é muito triste de ver isso :/. Gostaria de ajudar os Cariocas para que este cenário de abandono acabe e que as luminárias antigas voltem para o mesmo lugar de onde eram como esta acontecendo no Morro de Santa Tereza ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Solano,
      Obrigada pelo comentário e parabéns pelo seu interesse em preservar a nossa memória urbana. Fiz uma nota para o grupo S.O.S. Patrimônio, na rede Facebook, e várias pessoas elogiaram seu posicionamento. Sugiro pr ocurar o grupo no fb e conhecer as atividades e postagens. Acho que irá gostar. Um abraço. Andréa Redondo

      Excluir
  2. Parabéns Solano pela preocupação com o nosso Patrimônio. Nasci e cresci em Santa Teresa e por isso presenciei ao longos os anos 80 as luminárias públicas sendo furtadas, retiradas e nunca mais recolocadas. Há alguns anos atrás ganhei da avó de uma amiga minha a campanha do bonde que o avô dela comprou nos anos 60 do desmonte dos bondes que existiam no Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir