quarta-feira, 23 de março de 2016

PASSEIO PÚBLICO – REPERCUSSÃO DAS NOTÍCIAS, E OUTROS LOCAIS



Prefeitura cuidando do passeio depois das reclamações e reportagens na grande imprensa e nas redes sociais. Cerca de 20 garis retiram mato e cinco Guardas Municipais conversam na cabine. Na rua ao fundo vê-se uma patrulha da PM estacionada.
Fotos: Mário Rodrigues, do Grupo S.O.S. Patrimônio


PASSEIO PÚBLICO – DE OÁSIS A TERRA DE NINGUÉM foi publicado aqui há dois dias, após a notícia divulgada pelo jornal O Globo no último domingo dando conta do abandono em que se encontrava o Passeio Público, Centro do Rio de Janeiro, um dos símbolos da cidade que naquele dia estava também tomado por usuários de drogas.
Ontem, 22/03/2016, a Prefeitura já cuidava daquele importante espaço público, como mostram as fotografias de Mário Rodrigues, membro do Grupo S.O.S. Patrimônio - criado na rede social Facebook – também divulgadas naquela mídia.
É importante lembrar que dos debates ficaram a indagação sobre o destino/acolhimento das pessoas retratadas pelo O Globo, o trabalho da Secretaria de Assistência Social, e a lembrança de que em agosto/2015 a Prefeitura anunciara a construção de quatroabrigos para moradores de rua.

Esperando a mesma rápida resposta dos órgãos públicos responsáveis, listamos abaixo outros locais que precisam de igual atenção, também apontados por aquele grupo defensor da Preservação e de uma cidade melhor para todos.

Centro da Cidade – de um modo geral, e mais:
Lapa
Praça dos Arcos
Praça da Cruz Vermelha
Trajeto Cinelândia-Praça Tiradentes
Campo de Santana
Jardim do Méier

Urbe CaRioca


Nenhum comentário:

Postar um comentário