domingo, 10 de janeiro de 2016

SEM GLÓRIAS - DOIS FINADOS HOTÉIS E A MARINA

*Atualização em 14/01/2015 no final da postagem.



Folha de São Paulo

Em 2013/2014 a tentativa - mais uma - de construir um empreendimento de grande porte na Marina da Glória, situada no Parque do Flamengo, objeto de polêmica, críticas negativas e alguns debates, foi tema de várias postagens neste blog. Entre os muitos aspectos analisados apontamos que a proposta de criar um Centro de Convenções, restaurantes, lojas e centenas de vagas de veículos, naquela área pública, era parte de um conjunto que extrapolava os limites do parque, na figura que chamamos de O TRIÂNGULO DA EBX-REX: HOTEL GLÓRIA, HOTEL PARQUE DO FLAMENGO E MARINA DA GLÓRIA.


Não obstante as muitas benesses que os empresários receberam, e a condescendência dos órgãos de patrimônio cultural, como se soube através da grande imprensa nenhum dos empreendimentos daquele triângulo foi adiante, principalmente porque as empresas envolvidas faliram.

O que sobrou do "primo" do Hotel Copacabana Palace, o antes belíssimo Hotel Glória – destruído junto com o Teatro Glória e transformado em carcaça com autorização da Prefeitura - está abandonado; o prédio do Clube Flamengo (que teve dívida de IPTU gigantesca perdoada pela Prefeitura e Câmara de Vereadores, mediante benesse legislativa da então vereadora/presidente do clube) chegou a ser invadido após o despejo de inquilinos, e está abandonado.





O terceiro vértice do triângulo, a Marina da Glória, no Parque do Flamengo, área pública destinada a equipamento público que a Prefeitura insiste em transformar em complexo comercial, ainda é objeto de polêmicas em meio a cortes de árvores e questionamentos na Justiça. Por enquanto é esse o legado olímpico referente às inúmeras vantagens concedidas ao então todo-poderoso empresário Eike Batista quanto a leis urbanísticas, de proteção ao Meio Ambiente, fiscais, além de financiamentos.

A compra do Glória cogitada por um grupo estrangeiro, ao que tudo indica também está paralisada, como noticiou o jornal Folha de São Paulo no último dia 06: Fundo suíço desiste de comprar de Eike Batista o hotel Glória, no Rio.

Fica o registro sobre desmandos nada gloriosos e a estranha política de patrimônio cultural do Rio, que já destombou o Cinema Leblon, destombou o Maracanã, pretendia demolir o antigo Museu do Índio, e retirou imóveis preservados pela APAC do Catunbi e Cidade Nova para beneficiar o mercado imobiliário com mais um espigão, conforme a não menos estranha política de urbanismo que assola a cidade, que retirou 450.000,00 m² do Parque Municipal Ecológico Marapendi e cortou importante avenida na Barra da Tijuca.


Urbe CaRioca


Zona Portuária, Mais Gabaritos de Altura, Hotéis, Isenções de Impostos, Garantia de
Áreas não Construídas, Aumento de Gabaritos na Barra da Tijuca, Recreio
dos Bandeirantes e Região das Vargens, Campo de Golfe, APA Marapendi.

Imagem: Internet

*Atualização em 14/01/2015:

O jornal O Globo noticiou hoje que Eike Batista negocia venda do Hotel Glória a fundo árabe. Segundo o periódico “Sabedor da importância daquele espaço para a cidade, mesmo em meio a um difícil processo de reestruturação de empresas do Grupo, tenho dedicado especial atenção à busca de alternativas que possam viabilizar economicamente a retomada das obras. A despeito da conjuntura econômica adversa nos planos externo e interno, acredito que estamos próximos do fechamento de uma parceria que vai permitir que o Hotel Glória volte a ser motivo de orgulho para os cariocas”, explicou Eike, por meio de nota.

Que vá adiante. E, quem sabe, o grupo se interessará também pela reconstrução do teatro?

Urbe CaRioca



Glória - Dicionário Houaiss

substantivo feminino
1       fama que uma pessoa obtém por feitos heroicos, grandes obras ou por suas extraordinárias qualidades
2       Derivação: por extensão de sentido.
pessoa ou obra famosa; motivo de orgulho, de exaltação
Ex.: g. nacional
3       grandeza, honra, orgulho
Ex.: formou-se em medicina para a g. da família
4       grande beleza; esplendor, fausto, magnificência
Ex.: nem Salomão, em toda a sua g., se vestiu como um deles
5       saudação, homenagem, preito
Exs.: g. a Deus nas alturas
 g. aos que sacrificaram a vida pela liberdade
6       beatitude celeste; o Céu
Ex.: Deus nos há de receber na g.
7       Rubrica: ludologia.
jogo de dados em que a vitória cabe ao participante que, após percorrer uma faixa em espiral, dividida em casas, alcança em primeiro lugar a última delas, colocada no centro do tabuleiro e da espiral; jogo da glória, oca
8       Rubrica: ludologia.
a última das casas desse jogo
9       Rubrica: religião.
doxologia que conclui a recitação dos salmos

Obs. Glória também é substantivo masculino

Nenhum comentário:

Postar um comentário