quinta-feira, 18 de junho de 2015

O MÊS NO URBE CARIOCA – JANEIRO 2015


Caros leitores,

Em JANEIRO tivemos ainda o caso Golfe e a repercussão internacional da obra que devastou uma reserva ambiental e impediu a construção de uma avenida; a Marina da Glória com o incompreensível corte de árvores; e a história do bravo Assacu de Copacabana, tão resistente quanto os moradores do bairro. Reproduzimos o artigo de nossa autoria – O Rio de Janeiro à Beira D’ Água - publicado no site The Nature of Cities.

O trambolho na Lagoa Rodrigo de Freitas instalado em JUNHO virou o ano e continuou por lá, transformando a tese do “provisório-permanente” em “quase permanente”, e lá continua.

A sensação térmica de quase 50 graus retratada em dezembro no post RIO: CRÔNICA VIVA, AGONIA, E ÊXTASE* continuou durante o primeiro mês de 2015. E, no dia do santo padroeiro da cidade, Reclamilda bateu um papo com São Sebastião enquanto estava engarrafada no Metrô.

Boa leitura.

Urbe CaRioca


Reclamilda e Elogilda no cafezinho
Desenho: Internet


JANEIRO 2015


SEMANA 29 A 31/12/2014 – MOEDAS E TUDO SOBRE O CAMPO DE GOLFE NA RESERVA AMBIENTAL, e PÃO DE AÇÚCAR DEMOLIDO



Reclamilda e Elogilda daqui a 50 anos, ainda esperando as Linhas 1 e 2 do Metrô concluídas, a Linha 3 em Niterói, a Linha 4 (original, agora chamada de Linha 5), a Linha 5 (original, entre a Ilha do Governador e os aeroportos), a Linha 6 que virou BRT, e o Metrô na Zona Portuária.
Desenho: Internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário