quinta-feira, 20 de novembro de 2014

(2) GLOBO ESPORTE 19/11, O PARQUE MARAPENDI E A PALAVRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO: SUSPENSÃO


LAGOA DE MARAPENDI, APA MARAPENDI, PARQUE MUNICIPAL ECOLÓGICO MARAPENDI
Foto: URBE CARIOCA, março 2014



Ontem divulgamos notícia publicada no globoesporte.com segundo a qual terminaria no mesmo dia, quarta-feira 19/11/2014, “o prazo para o Ministério Público do Rio de Janeiro enviar a réplica sobre proposta de realocação de três dos 18 buracos do campo de golfe das Olimpíadas de 2016”.


À noite nova reportagem informou que o MPRJ pediu a suspensão da licença ambiental do campo de golfe, que o órgão chamou as alegadas adaptações da obra ao meio ambiente de "risíveis" e criticou o prefeito Eduardo Paes “por ter sancionado uma lei aprovada pela Câmara dos Vereadores que permitiu a construção do campo de golfe naquela área”.


Trechos da reportagem:


“O MP diz que a área do campo de golfe, ao contrário do que afirmam os responsáveis pela obra, estava em regeneração natural, constatada por técnicos da própria Secretaria de Meio Ambiente da Cidade (SMAC)”.

"(...) representa uma manifesta ofensa ao princípio da legalidade administrativa, visto que o chefe do Poder Executivo, sem qualquer fundamento que o permita, contrariando a todos os pareceres técnicos expedidos pela SMAC, por sua conta e risco, sancionou a guerreada Lei".


Para ler na íntegra:


Ministério Público pede suspensão de licença ambiental do campo de golfe


Com o parecer caberá ao juiz Eduardo Antônio Klausner, da 7ª Vara de Fazenda Pública, decidir PRESERVAR O PARQUE MUNICIPAL ECOLÓGICO MARAPENDI ÍNTEGRO ou ratificar o esmagamento de área significativa da reserva ambiental de Marapendi (entre muitas outras aberrações urbanísticas e ambientais* afetas ao caso encobertas pelo refrão “Tudo é pra Olimpíada”).

Enquanto isso está em elaboração, pelos organizadores do projeto Ágora da Prefeitura do Rio - em tese um chamado à sociedade para colaborar com o dito ‘legado olímpico’ - documento que será enviado ao PREFEITO com 25 ideias apresentadas pelos cariocas.

PRESERVAR O PARQUE MUNICIPAL ECOLÓGICO MARAPENDI ÍNTEGRO foi a segunda proposta mais votada graças ao esforço dos leitores do blog e defensores do Rio de Janeiro, do Meio Ambiente, do respeito a procedimentos legais transparentes e, acima de tudo, defensores do interesse público.

O prazo para elaboração do referido documento terminará no próximo domingo.

Para contribuições e novos comentários:

Urbe CaRioca
   
LAGOAS NA BARRA DA TIJUCA, RIO DE JANEIRO
ESTUDOS RESERVA BIOLÓGICA - 1961
Obs. Do que restou a obra do campo de golfe retira mais um trecho significativo.
INTERNET




Nenhum comentário:

Postar um comentário